quarta-feira, maio 06, 2015

um verdadeiro complô

Pois bem, lembram-se do post lamuriento, em jeito choroso e com muita frustração à mistura escrito e partilhado ontem? Se não se lembram podem lê-lo aqui para saberem do que falo. 
Depois de ter tido uma pequena taquicardia após ver a mochila que queria esgotada no site da Parfois, perguntei ao pai desta casa se perto do trabalho dele havia alguma loja da marca. Ele disse que sim e, numa última e derradeira tentativa disse-lhe que, quando se lembrasse, para passar por lá e ver se havia alguma na loja e comprá-la logo se assim fosse. (Enviei-lhe a foto para não haver dúvidas!). Confesso que após ter visto o site com a palavra 'esgotada' já não acalentei grandes esperanças e resignada, coloquei o assunto para trás das costas e fui à minha vidinha mundana. Entretanto, o pai e a cria chegaram a casa e começou toda a logística de banhos, jantar e pequenos afazeres típicos de uma família. Nunca mais me lembrei da mochila mas ia reparando que a minha pequena cria, principalmente ela, estava super animada e fazia uns pedidos pouco habituais, que eu, na mais pura e ingénua estupidez, fui de uma forma ou de outra, acalentando. (Baby is eating my brain!!) 
Primeiro queria que eu lhe colocasse pomada num dedo que dizia ter infectado no quarto dela e eu não concordei. Depois quis que fosse eu a dar-lhe banho e lá fui. Já é habitual que ela durante o mesmo, cante, dance, faça poses, se veja ao espelho, ou faça do chuveiro um microfone, mas ontem dei com ela a fazer o sinal de 'fixe' com o dedo quando o G. entrou na casa de banho, como se estivessem cúmplices de alguma coisa. E eu, mais uma vez, não percebi e ri-me. Por fim, pediu-me - quando a estava a pôr creme no corpo - que vestisse o pijama no meu quarto, algo inédito! Disse-me: "O G. tinha-me prometido que hoje podia vestir-me no vosso quarto" e eu, como sei que ela adora ver o canto do mano ou as coisas novas que vão fazendo parte do décor, para não lhe fazer a desfeita, lá consenti.
Agarrei nas coisas e com ela semi nua e embrulhada na toalha lá fomos. Eis que, quando cheguei, tinha isto à minha espera! 
A minha mochilinha hippie chique-summer-étnica-boho-coiso! 

TÃO, mas TÃO lindinha!!! (Senti-me uma mimadona do pior!)  Um verdadeiro complô arquitectado a dois para me fazer a surpresa.

Escusado será dizer que, à semelhança de uma criança pequena, soltei verdadeiros gritinhos de excitação! 

2 comentários: